Top 10 Melhores Geladeiras Pequenas para comprar

Nós apresentaremos a vocês as 10 melhores geladeiras Pequenas para se comprar atualmente. Antes disso, falaremos sobre algumas informações essências para se escolher um desses aparelhos.

Elas são diversas, com funções, tamanhos, design e dezenas de outras características diferentes. E são muito importantes, pois a geladeira que você vai comprar deve combinar com suas necessidades e gostos.

A lista foi elaborada pela nossa equipe, tendo como critério de escolha justamente esses atributos que tornam o aparelho mais confiável e de qualidade, levando em conta também o seu custo.

O que são geladeiras pequenas?

A geladeira foi, sem dúvida, uma das melhores invenções da humanidade. Não só por ajudar a conservar nossos alimentos, mas também por tornar nossas vidas muita mais simples e práticas.

Antes delas, as pessoas tinham que usar diversos tipos de procedimentos para poder manter sua comida por mais tempo. As carnes eram secas, defumadas, salgadas e até mergulhadas em gordura para que durassem mais.

Melhor Geladeiras Pequenas

– Top 10 Melhores Geladeiras para Comprar

– Top 7 melhores Geladeiras Inverse para comprar

Não seria muito encorajador ter que cuidar de tudo isso hoje em dia. Ainda bem que foram inventadas as geladeiras, não é mesmo? E o melhor de tudo é que elas vêm em tamanhos menores que o de costume.

As geladeiras pequenas são uma ótima opção para quem não tem tanto espaço na cozinha. São as mais usadas em apartamentos pequenos, Lofts e quitinetes. Também é muito útil para quem mora sozinho ou com apenas mais uma pessoa.

Vale ressaltar a diferença entre geladeira pequena e frigobar. O primeiro

Top 10 Melhores Geladeiras Pequenas no mercado

Bom, agora que falamos sobre tudo que você precisava saber, vamos ao que interessa. A seguir você terá uma lista com as 10 melhores geladeiras pequenas que estão sendo vendidas atualmente. Aproveite para olhar com cuidado e decidir qual vai fazer parte do seu lar. Vamos lá!

1. Geladeira pequena CONSUL CRM35NB

Essa geladeira branca da Consul tem 275 Litros de capacidade, que é um dos menores da nossa lista. Logo, é uma boa opção para quem tem pouquinho espaço no apartamento ou que realmente não precisa ter uma geladeira maior que isso.

Uma das coisas que você não vai precisar se preocupar é com o degelo, pois ela possui a função Frost Free. Ela é duplex, que significa que a parte do freezer (60 Litros) fica separada do refrigerador. Os modelos duplex são um pouco mais consumistas, mas – em compensação – essa geladeira possui pouco volume, o que diminui a necessidade de energia.

Geladeira pequena CONSUL CRM35NB

Serão 3 prateleiras internas a sua frente (sem contar com a quarta que é o teto da gaveta de vegetais) e que podem ser ajustadas conforme você quiser. Isso a torna uma geladeira muito prática, pois além do frost free e do volume pequeno, você vai ser capaz de organizar seus alimentos, panela, vasilhas e garrafas da forma que desejar. Conta com porta-ovos e separador de garrafas para auxiliar nesse processo.

Uma das funções mais legais dela é o modo Turbo. O botão fica na parte exterior e ele aumenta a velocidade com que a sua geladeira atinge determinada temperatura. Isso é muito bom para quando você fizer compras e desejar que elas resfriem rapidamente, ou quando estiver fazendo uma festa com grande demanda de refrigerantes e outros frios.

As medidas dela são as seguintes: 168,1 cm de altura; 56 cm de largura e 68,2 cm de profundidade. Lembrando daquela dica que nós demos: 10 cm de distância de outros móveis ou paredes, por cada lado.

Essa é geladeira é muita boa! Além de toda a praticidade que ela tem, a sua categoria de economia de energia – segundo a ANATEL – é ‘A’, a melhor possível. O consumo dela é apenas 41,2kWh.

2. Geladeira pequena DC35A ELECTROLUX

A segunda máquina dessa lista também é uma geladeira duplex com pouca capacidade de volume: 260 litros. Então é recomendado para pessoas que moram sozinho ou em casal. É especialmente bom para casais ou solteiros que gostam de comer comidas congeladas: lasanhas, pizzas e refeições congeladas.

É uma boa opção para quem não gosta muito de cozinhar e prefere esquentar um prato no microondas porque ela consegue atingir temperaturas muito baixas em seu freezer. O mínimo que ela alcança é cerca de -18ºC . Também é bom para quem gosta de comprar um monte de carne de uma só vez, pois irão durar por muito tempo nesse aparelho.

Geladeira pequena DC35A ELECTROLUX

Possui um design simples, mas muito bonito. A parte de dentro é uma alegria para aqueles que gostam de coisas organizadas e fáceis de manejar. É daquele tipo de geladeira que você consegue guardar todas as coisas que precisa e mesmo assim ela não vai parecer uma bagunça.

O modo de degelo dela é do tipo Cycle Defrost, que é muito prático. Com ele você vai precisar descongelar – com o click de um só botão – apenas umas duas vezes no ano. As prateleiras do refrigerador são removíveis e ajustáveis, feitas de arame. Isso é especialmente bom porque sujam bem menos que prateleiras que não são vazadas.

As medidas são as seguintes: 161,9 cm de altura, 54,8 cm de largura e 61,3 cm de profundidade. Dos 260 litros totais, 53 litros são do freezer.

3. Geladeira pequena CONSUL CRD37EB

Essa geladeira é para aqueles que gostam de um design exterior bem simples, a preferida dos minimalistas. Mas apesar do design ser modesto, o volume não é: são 334 Litros (bastante, né?). É uma geladeira duplex, ou seja, com refrigerador separado do freezer, o qual se encontra na parte de cima.

Apesar de por fora ele parecer bem tímido, a parte de dentro é muito bonita. Possui 3 prateleiras – sem contar com a superior dos vegetais – que são reguláveis em diversas alturas diferente. As prateleiras e a parte de baixo das frutas e verduras possuem um verde cor de garrafa de água bem transparente, que fica muito legal com a cor branca de todo o resto.

Geladeira pequena CONSUL CRD37EB

A parte inferior, que ajuda a conservar bem os alimentos frescos é bem grande. Ideal para quem gosta de ter uma alimentação cheio de fibra, minerais e vitaminas. Também vem com porta-ovos e o freezer tem duas divisões.

O modo de degele é o Cycle Defrost. É aquele que você só precisa de fazer poucas vezes por ano. O consumo é bem razoável: cerca de 43,5kWh. As medidas são 166,9 de altura, 60,3 cm de largura e 63,4 cm de profundidade.

4. Geladeira pequena TF39S ELECTROLUX

A primeira coisa a se notar nesta geladeira é a eficiência quando se trata de economia de energia. Mesmo sendo um modelo Frost Free – que costuma consumir bem mais – ele possui um o selo de categoria ‘A’.

Geladeira pequena TF39S ELECTROLUX

Essa geladeira é uma das mais tecnológicas da lista porque é cheia de funções. Além do já citado Frost free, ela tem: “Drink Express” que esfria suas bebidas rapidamente e o “Turbo congelamento”, que congela os alimentos no freezer em pouco tempo.

As medidas dela são: 310 Litros de capacidade, 172 cm de altura, 60 cm de largura e 61 cm de profundidade. O consumo é de 43,6kWh, que está na categoria ‘A’.

5. Geladeira pequena CONSUL CRM39

Essa geladeira da consul é do modelo duplex, com 340 Litros de capacidade. Ideal para casais pois, apesar de ser uma geladeira considerada pequena, ainda tem bastante espaço para guardar os alimentos.

Geladeira pequena CONSUL CRM39

Ela possui o sistema de degelo Frost Free e suas prateleiras do refrigerador possuem a chamada Altura Flex, que podem ser reguladas em 8 níveis diferentes. Também possui a função Turbo que vocês já conheceram. Medidas: 169,5 cm de altura; 62,1 cm de largura e 71,4 cm de profundidade.

Existem diversas avaliações acerca dessa geladeira parabenizando a qualidade que ela possui. Ela é muito silenciosa e duradoura, com design bonito e bastante espaço para guardar garrafas, potes e outros.

6. Geladeira pequena ELECTROLUX DC35A

É uma das geladeiras mais em conta em questão de preço e consumo. Você consegue acha-la por cerca de 1.500 reais e seu consumo de energia elétrica é de apenas 38,4kWh, sendo – naturalmente – da categoria ‘A’.

Geladeira pequena ELECTROLUX DC35A

Ela é muito econômica porque possui um volume pequeno de 260 Litros e um sistema de degelo mais econômico que o Frost Free, que é o Cycle Defrost – aquele que se ativa poucas vezes no ano. As suas medidas são: 161,9 cm de altura; 58,1 cm de largura e 6c de profundidade.

As prateleiras são vazadas e ajustáveis em diversos níveis. Vem com porta-ovos e um freezer sem divisões e simples, que é bom para empilhar embalagens e portar diversos produtos maiores.

7. Geladeira pequena CONSUL CRA30FB

Esse aparelho da Consul é muito bom para quem gosta de utilidade sem pagar muito. O design é simples e bonito, sem muita firula. Ela é muito barata e seu consumo é absurdo de bom: apenas 23kWh. Fala sério! É quase metade dos outros da lista de tão eficiente.

Geladeira pequena CONSUL CRA30FB

O volume é de 261 Litros e tem sistema de degelo seco, aquele que você só precisa apertar o botão para que o descongelamento aconteça, mas que precisa ser feito mais vezes que o Cycle Defrost. Medidas: 144 cm de altura; 55 cm de largura e 63,1 cm de profundidade.

8. Geladeira pequena ELECTROLUX RE31

A RE31 possui um volume de 240L que a torna bem econômica, gastando apenas 23,7 kWh. Ela é do tipo Cycle Defrost e apresenta uma gaveta extrafria ideal para gelar alimentos e bebidas rapidamente.

Geladeira pequena ELECTROLUX RE31

Na parte externa temos o ajuste de temperatura e um design bom. Ela vem com pota-ovos que pode ser removido se você preferir, assim como prateleiras vazadas que podem ser ajustadas conforme a sua vontade. Ela te 141 cm de altura; 55 cm de largura e 61,30 cm de profundidade.

9. Geladeira pequena ELECTROLUX DF35A

Essa geladeira da Electrolux também possui um volume pequeno, de apenas 261 L. Muito boa para quem costuma comer fora e guardar poucos alimentos no aparelho. Ela é Frost free, então não precisa se preocupar em descongelar nunca.

Geladeira pequena ELECTROLUX DF35A

Apesar do Frost Free e do seu modelo duplex, o seu volume pequeno compensa no consumo e a faz gastar apenas 38kWh. Ela possui 170 cm de altura; 54,8 cm de largura e 61,3 cm de profundidade.

10. Geladeira pequena CONSUL CRB36AB

Aqui está uma das melhores do mercado, e vamos lhe dizer o porquê: Ela possui um volume muito bom de 300L e é frost free. Tá, mas só isso? Não, o bom é que apesar dessas duas qualidades que costumam tornar uma geladeira consumista e cara, ela gasta apenas 35,5kWh e é muito barata.

Geladeira pequena CONSUL CRB36AB

Com um volume desse é possível até o uso por uma família de três pessoas com facilidade. O bom é que você nunca vai precisar se preocupar com degelo e com a conta de luz. Ela tem 153,9 cm de altura; 61,6 largura e 69,1 cm de profundidade.

Como escolher a melhor geladeira pequena ?

Conforme prometido, a seguir você verá uma série de dicas e informações relevantes para decidir melhor qual geladeira vai dar certo para você.

1. Tamanho e capacidade

De longe, esse é o detalhe mais importante e a primeira coisa que deve ser verificada antes de comprar sua geladeira. A primeira coisa a se fazer é tirar as medidas do espaço em que ela vai ficar para ter certeza se vai caber ou não. E lembre-se de considerar o espaço em que a porta vai ter para abrir para o lado.

Melhores Geladeiras Pequenas

Outro macete que muitas pessoas esquecem é que as vezes, mesmo deixando espaço para a porta ser aberta até um ângulo de 90º, isso pode não ser suficiente. Isso porque esse nível de abertura muito provavelmente não vai permitir que as gavetas dentro da geladeira abram, pois irão esbarrar nas prateleiras da parte de dentro da porta.

Adiante nós iremos descrever as medidas de cada geladeira presente na lista, mas – de um modo geral – tenha em mente que falaremos sobre as que tem, no máximo, 350 Litros de capacidade e no mínimo 200 Litros.

Quantidade de compartimentos internos

Além do espaço fixo que a geladeira vai ter, existem outros fatores que influenciam em como você a utilizará. Na verdade, as informações prestadas nos parágrafos seguintes inverterão essa equação. As suas decisões é que determinarão a escolha dentre diversas geladeiras, e não ela que ditará como você a usará.

Melhores Geladeiras Pequenas

Se você come quase sempre as mesmas coisas e já sabe mais ou menos como elas ficam na geladeira, então talvez você possa se dar ao luxo de escolher uma geladeira com prateleiras fixas. Mas a primeira coisa para quem não tem certeza disso, é saber que muito provavelmente você deve evitar os modelos sem prateleiras ajustáveis.

Além disso, você deve prestar atenção em quantas prateleiras virão com o aparelho. Algumas possuem duas centrais, além do apoio da gaveta dos vegetais. Outras vem com três mas um espaço menor entre cada uma dela. Por é necessário que você reflita sobre isso antes de comprar a sua, para que não se arrependa ou perceba tarde demais que poderia ter adquirido uma melhor.

2. Número de portas

Dentre as geladeiras de categoria pequena presentes no mercado, existem aquelas que tem uma porta ou duas, conhecidas como duplex. Os com uma porta costuma ser menores e possuem congelador com menor potência, mas são mais econômicos.

A primeira coisa que eu pensei quando vi uma geladeira com uma porta foi: e onde fica o freezer? Não é uma dúvida besta se você também já se perguntou. Ela fica dentro do refrigerador, tendo uma porta interna que a separa da parte que resfria menos. Naturalmente é um freezer menor do que a duplex.

Sabendo disso, agora é a parte que você entra em ação e se questiona o seguinte: eu sou uma pessoa que come mais em casa ou fora? Eu como mais comida congelada ou fresca? A partir dessas perguntas você saberá se precisa de um freezer maior, que seria um duplex, ou um freezer pequeno em que você usará esporadicamente, que é o de uma porta.

3. Economia

É conhecimento comum que as geladeiras são equipamentos que costumam consumir uma quantidade relevante de energia. Por isso é importante, se você deseja economizar a longo prazo, comprar uma geladeira mais eficiente.

Naturalmente as geladeiras pequenas consomem menos energia que as maiores. Diminuindo ainda mais o consumo, temos as que têm apenas uma porta. E mais um dos critérios é o processo de análise do INMETRO. Eles classificam a eficiência energética das geladeiras em letras de A à G. Quanto mais perto do A, mais econômico é o aparelho, então é nisso que você deve focar.

Melhores Geladeiras Pequenas

Também existem alguns truques que você pode aplicar para evitar um maior consumo de energia elétrica, e uma conta mais cara no final do mês. O primeiro é deixar a geladeira numa distância de pelo menos 10 cm em todos os lados, menos na frente. Ela precisa de espaço e ar para trabalhar bem.

Quando terminar de preparar uma comida, evite botá-la rapidamente no refrigerador. Quando você bota alimentos quentes na geladeira, ela precisa gastar uma maior energia para tornar o ambiente mais gelado novamente. Por isso é bom esperar esfriar naturalmente do lado de fora, por alguns minutos, para depois botar dentro do aparelho.

4. Preço

As geladeiras pequenas têm um preço justo. Existem diversos modelos disponíveis por aí, mas o que nós decidimos pôr na lista variam numa faixa de 1.200 a 2.100 reais. Isso de acordo com a data em que esse artigo está sendo feito.

5. Tipos de degelo

Se você já descongelou uma geladeira para limpá-la, então você sabe o quanto dá trabalho fazer isso. Ainda bem que hoje existem diversos tipos diferentes e mais eficientes de descongelar a sua máquina. Contudo, nem todos os modelos possuem esse processo fácil, então vamos esclarecer quais são para que você entenda na hora de comprar a sua.

Vamos começar com o modelo mais complicadinho. É aquela geladeira tradicional, que provavelmente sua mãe ou vó tinha e pode ser que ainda tenha. O modelo de degelo manual é aquele em que você tem que desligar o aparelho e abrir as portas para que ela vá descongelando aos poucos em contato com a temperatura ambiente. E só depois que poderá secar a água que se acumulou.

Geladeiras Pequenas

Esse primeiro tipo dá muito trabalho e não é muito prático. Então, se você é uma pessoa ocupada, evite adquirir uma desta. Mas ela possui uma vantagem em relação as outras: costuma ser a mais barata.

Em seguida temos o degelo seco, que é muito mais prática. Nela você precisa apenas apertar um botão e ela irá realizar todo o processo, desde o descongelamento até a evaporação da água que foi acumulada desse processo.

Semelhante ao degelo seco, existe a opção “Cycle defrost”. Nela o gelo se acumula muito raramente, então você precisará ativar o processo pouquíssimas vezes durante o ano. Elas também realizam todo o processo sozinhas.

Por último, mas a melhor e mais prática de todas: “Frost Free”. Muitas geladeiras atualmente possuem esse mecanismo que facilitará em muita a sua vida e é para aqueles que desejam pagar um pouco a mais para receberem em praticidade e menos dor de cabeça. O frost free nem sequer acumula gelo em seu freezer, fazendo com que nenhum processo seja necessário ser feito.

Assim como citado, o frost free – apesar de ser uma ótima opção – é mais cara na hora da compra e também na hora da conta, pois ela consome mais energia que todos os outros tipos apresentados.

6. Dica extra: disposição dos alimentos na geladeira

Já que você está interessado em uma geladeira pequena, é bom saber – se ainda não sabe – como posicionar seus alimentos da forma mais eficiente e correta possível. Essas dicas ajudam muito e aposto que você irá gostar de saber.

Aprendemos no colégio que o ar frio é mais denso que o quente, e por isso ele tende a ficar mais na parte inferior dos lugares, enquanto o quente tende a subir. Por isso que a fumaça das fogueiras vai para cima, e não em direção ao chão.

Geladeiras Pequenas

No entanto, na geladeira é diferente. A parte mais fria dela se localiza nas áreas superiores e o lugar menos refrigerado são aquelas gavetas que ficam lá em baixo. Tá, mas por que eu você deveria saber disso?

Na parte de cima você irá guardar os produtos que são, geralmente, de origem animal e/ou que precisam de maior refrigeração: carnes, iogurtes, queijos, leite, embutidos e enlatados. Já na parte do meio ficam coisa mais livres, que geralmente são comidas que já foram preparadas e você irá comer em breve. E na parte de baixo, que é menos gelada, ficam as frutas, verduras e legumes.

As melhores marcas de geladeira Pequena

Falaremos um pouco agora sobre as marcas que são maioria na nossa lista e possuem grande relevância no mercado, que são Consul e Electrolux. Esse tópica vai servir para analisarmos a confiabilidade delas e a experiência de seu trabalho para entregar a você um bom produto.

Consul

A Consul é uma marca fundada no Brasil em 1950, em Santa Catarina. Só aí já podemos ver que é uma marca que possui cerca de 70 anos de história, que é um sinal de garantia de um bom produto, se não ela não teria sobrevivido ao mercado por tanto tempo.

Geladeira pequena Consul

O seu primeiro produto foi uma geladeira, o Q-300. Isso demonstra que a marca é especializada nesse ramo desde seu início, e que os 70 anos são exatos quando se trata das melhores geladeiras. É uma marca inovadora que traz o melhor da tecnologia para o mercado.

Electrolux

A Electrolux é uma marca que foi fundada na Suécia e é uma empresa conhecida internacionalmente cujos produtos são adquiridos em mais de 150 países. Uma companhia que cresceu a ponto de estar em tantos países demonstra que possui qualidade nos seus produtos. Ela é especializada em inúmeros eletrodomésticos, mas um de seus principais são as boas geladeiras que produzem.

Geladeira pequena Electrolux

Conclusão: Qual a melhor geladeira pequena ? 

A melhor geladeira pequena para se comprar, com certeza, é a CONSUL CRB36AB – a mais recente apresentada. Ela une o melhor dos mundos entre praticidade, capacidade e economia. Ela vai servir tanto para um solteiro quanto para uma família pequena.

Mas algumas da lista podem combinar mais com você, então nada melhor que escolher a que mais de agrada. Todas são muito boas, e qualquer uma que você pedir te ajudará muito.

Esperamos que tenha gostado das informações apresentadas aqui e da lista que criamos. Ela foi elaborada com cuidado, avaliando todas os principais indicadores de uma boa geladeira e várias resenhas de consumidores para que pudéssemos entregar um conteúdo de qualidade.

Leave a Comment