Os 9 Melhores Cooktops para Comprar em 2020

Neste artigo iremos mostrar para você como escolher o melhor cooktop de indução existente no mercado. Os cooktops de indução ainda não são tão populares quanto os fogões a gás, mas essa é uma tendência que deve mudar nos próximos anos. Conforme consumidores atualizam suas cozinhas e introduzem fornos elétricos de embutir, que exigem bocas de fogão separadas, geralmente irão optar por tecnologias mais atuais.

Além disso, por conta de economia de espaço, os cooktops, por serem praticamente uma fina superfície instalada sobre bancadas, devem ser os preferidos. Isso porque libera espaço sob ele, que nos casos de fogões a gás eram ocupados pelo forno.

O que são Cooktops de Indução?

Cooktops substituem ou complementam as bocas do fogão tradicional a gás. Têm a função de cozinhar alimentos da mesma forma que as chamas, porém com uma tecnologia diferente, que vem evoluindo com o tempo.

Os primeiros cooktops imitavam uma boca de fogão normal. Uma referência tradicional aqui no Brasil são os fogareiros portáteis a gás utilizados em campings. Os cooktops elétricos foram a primeira evolução e permitiram uma maior aceitação no ambiente doméstico, mas são apenas resistências que se aquecem e transmitem calor para o que está acima.

Os cooktops de indução apresentam a tecnologia mais avançada até agora. Ela consiste em excitar moléculas de metal na base das panelas de ferro e aço inox através de indução magnética. Panelas de cobre e alumínio não funcionam tão bem. Para que possam ser utilizadas, exigem que sejam colocadas sobre uma base de ferro, que por sua vez fica em contato direto com o cooktop.

A tecnologia é mais eficiente no sentido de concentrar a energia consumida pelo aparelho na função a que se destina, ou seja, aquecer e cozinhar alimentos em uma panela. Dessa forma, ao escolher o melhor cooktop para você, o ideal é que ele seja de indução.

Quais as vantagens dos cooktops de indução?

Os melhores cooktops de indução apresentam vantagens sobre as bocas a gás e também dos cooktops tradicionais. A seguir, listamos os itens de comparação para você considerar em sua escolha:

Flexibilidade de escolha

De acordo com suas necessidades, você pode escolher o número de bocas mais adequado, variando de uma a cinco bocas. Aqui neste artigo analisamos modelos de 1, 2 e 4 bocas.

Não é necessário substituir seu fogão a gás. Pelo fato de ser vendido em versões de 1 e 2 bocas, é possível utilizar o seu cooktop de indução como complemento, se você sente que uma ou duas bocas a mais fariam diferença na dinâmica de sua cozinha.

cooktop

Material da superfície

A superfície é fabricada em vitrocerâmica. A combinação do vidro e da cerâmica oferece as melhores características dos dois materiais.

A cerâmica responde pela baixa condução de calor, permitindo que a superfície não superaqueça. Já o vidro é responsável pela resistência da peça, já que a superfície constitui parte fundamental do produto.

Potência

Modelos de cooktop mais potentes têm a capacidade de aquecer e cozinhar alimentos mais rápido.

As potências variam também com a voltagem (os modelos 220V são mais potentes) e o número de bocas, para o uso simultâneo sem perder performance. As potências dos modelos atuais variam entre 2000W (1 boca), 3500W (2 bocas) a 6400W (4 bocas).

Assim como no fogão a gás há bocas menores e maiores, também há bocas mais ou menos potentes nos cooktops de indução.

Controle de temperatura

Os melhores cooktops de indução apresentam ótima flexibilidade para o controle da temperatura, que na prática é um controle da potência aplicada aos ímãs. Dessa forma, é possível aquecer, cozinhar e fritar alimentos conforme a necessidade.

Como exemplo, para aquecer é necessária uma potência baixa.

Para cozinhar um alimento em água, não se necessita ir muito além do ponto de ebulição. Seria o equivalente a um fogo baixo no fogão a gás.

E para fritar, quando geralmente se necessita manter a panela bem quente, é possível utilizar panelas maiores. Seria o equivalente ao fogo alto, porém com mais controle sobre a temperatura.

Os modelos analisados neste artigo proporcionam o controle de até dez níveis de potência por boca.

Mecanismos de automação

Na hora de escolher o melhor cooktop de indução para sua casa, verifique quais mecanismos de automação e controle são oferecidos. Isso pode resultar em economia e segurança.

melhor cooktop para compra

Dentre os controles mais básicos estão:

  • Teclados touch para controle de temperatura, programação entre outros
  • Acendimento automático
  • Tempo de programação do timer, em geral entre 100 e 180 minutos
  • Desligamento automático

Mecanismos de segurança

Apesar de ser naturalmente mais seguro do que fogões a gás e cooktops sem a tecnologia de indução, ainda é possível ter diferenciais entre os melhores modelos.

A principal característica é que a superfície em si não atinge grandes temperaturas a ponto de produzir queimaduras. O calor é produzido apenas a partir do fundo da panela.

Mas os melhores modelos de cooktop de indução oferecem:

  • Desligamento automático quando não há presença de panela na boca
  • Luzes indicando funcionamento da boca
  • Trava de funcionamento para crianças
  • Possibilidade de desligar todas as bocas ao mesmo tempo

Mais adequado para cadeirantes

Os cooktops, devido ao seu design plano e fino, podem ser instalados em alturas menores, diretamente sobre bancadas de granito, mármore e aço inoxidável.

Essa vantagem permite que cadeirantes tenham visão e alcance de toda a superfície.

As características de concentração de calor apenas no fundo da panela também tornam os cooktops mais seguros, evitando queimaduras nos braços ao se buscar as panejas que ficam nas bocas do fundo da superfície.

Qual é o melhor cooktop de indução de 1 boca?

Analisamos três modelos entre os mais vendidos do mercado, e aqui está o nosso ranking.

 

1. Britânia BCT01P

O modelo da Britânia oferece 10 níveis de potência para controlar uma amplitude entre 60º e 240º. Na função Calor Extra, aumenta momentaneamente a potência mesmo quando a potência está no máximo. Oferece um total de 2000W de potência.

Cooktop Britânia BCT01P

Seu timer proporciona até 180 minutos de programação.

Com display digital e painel touch, é uma opção adequada e oferece a tranquilidade da marca Britânia, muito presente no mercado brasileiro.

Em termos de segurança, oferece desligamento automático.

É oferecido no mercado entre R$270 e R$320.

2. Fischer Leve 26884

O modelo de 1 boca da Fischer, marca tradicional em equipamentos domésticos elétricos para cozinha, apresenta os mesmos recursos do modelo da Britânia, com alguns diferenciais

Cooktop Fischer Leve 26884

Dentre eles, uma interface com programas pré-configurados para funções comuns. E seu timer permite programas de até 4h.

Em termos de potência, oferece também 1.500W na versão 110V e 2000W na versão 220V.

É vendido no mercado entre R$340 e R$390.

3. Philco Smart Chef

O Philco Smart Chef agrega todas as principais características e diferenciais dos modelos anteriores sem comprometer no preço. No mercado, ele é vendido entre R$260 e R$280

Cooktop Philco Smart Chef

Dessa maneira, é nossa escolha de melhor cooktop de indução de 1 boca.

 

Qual o melhor cooktop de indução de 2 bocas?

 

1. Mueller MCI162BG1

Com 3400W de potência e um preço em torno de R$1.300 em média, o modelo da Mueller oferece duas zonas de aquecimentos.

Cooktop Mueller MCI162BG1

Em termos de recursos, apresenta interface touch e timer programável até 100 minutos.

2. Fischer 14015-15915

Esse modelo da Fischer possui os mesmos recursos do Mueller, mas vendido por um preço menor. Nesse caso, entre R$1.000 e R$1.120. Além disso, é mais potente, com 3600W.

Cooktop Fischer 14015-15915

Todos os outros recursos estão presentes, incluindo o teclado touch.

3. Midea CYAD22

Nossa escolha de melhor cooktop de indução de 2 bocas é o Midea. Entre os modelos mais vendidos do mercado nessa categoria, apresenta preço semelhante ao modelo concorrente da Fischer.

Cooktop Midea CYAD22

Como diferenciais, seu painel touch permite 9 ajustes de potência e trava de segurança.

Sua potência é de 3500W distribuídos entre as duas bocas.

Qual o melhor cooktop de indução de 4 bocas?

 

1. Gorenje Homemade

A Gorenje não é uma marca tradicional no mercado brasileiro. Isso não impede deste modelo ser um dos mais vendidos na categoria 4 bocas, apesar do preço: cerca de R$5.000. O que justifica esse preço são dois fatores:

Cooktop Gorenje Homemade cooktop

  • Design. É certamente um dos modelos mais bonitos do mercado
  • Funções automatizadas. O modelo possui pré-configurações para um grande número de programas, tais como o preparo de ovos, derretimento de queijo e manter aquecido.

Além desses diferenciais, possui:

  • Trava para crianças
  • Personalização de funções
  • Função recall (repetir funções recentes)

2. Brastemp Gourmand

Possui como diferencial um desenho diferenciado das zonas de indução e a função Smart Zone, que consiste em unificar duas bocas para abranger recipientes maiores.

Cooktop Brastemp Gourmand

Para funções como fervura rápida é possível acionar o Power Booster, que eleva a potência máxima. E o timer é programável até 100 minutos, com desligamento automático.

É vendido entre R$2.600 a R$2.900 no mercado.

 

3. Midea Desea

Vendido pelo menor preço dentre os três analisados nesta categoria (entre R$1.700 a R$2.100), o modelo da Midea apresenta a maioria das funções dos anteriores, sem comprometer em quaisquer quesitos.

Cooktop Midea Desea

Sua potência é de 6400W.

Com teclado touch e nove níveis de potência, além de desligamento automático, e nossa escolha na categoria 4 bocas.

O que levar em conta ao escolher o melhor cooktop ?

Alguns itens fundamentais devem ser considerados ao adquirir um cooktop.

O melhor cooktop para sua casa sempre será aquele que se adequa ao seu orçamento, espaço disponível e necessidade real.

Preço

Os cooktops têm faixas de preço diretamente associadas à quantidade de bocas, potência oferecida e voltagem, sendo que os modelos 220V são mais caros. Em contrapartida, oferecem maior potência.

Alguns modelos, seja por marca, design diferenciado ou características exclusivas, apresentam preços maiores em relação à concorrência. Julgue se essas características são ou não fundamentais para sua decisão de compra.

Espaço disponível

Ao adquirir seu cooktop, pergunte-se se ele vai substituir ou complementar seu fogão atual. E a partir dessa resposta, decida a quantidade de bocas que precisará.

Uma substituição possivelmente levará à decisão de adquirir 4 ou 5 bocas, ao passo que um complemento exigirá uma ou duas bocas apenas.

O espaço ocupado, apesar de proporcional ao número de bocas, é relevante no plano horizontal, já que, na vertical, as dimensões são reduzidas. O cooktop é ideal se você tem pouco espaço para armários e gostaria de usar o espaço sob o cooktop para armazenagem.

Necessidade de uso

Verifique, segundo a sua rotina, se você realmente precisa de um cooktop. Novamente é uma escolha entre complementar e substituir o se fogão a gás.

Se sua família cresceu e algumas bocas a mais são necessárias, o cooktop de indução é uma escolha que fornece funcionalidade e flexibilidade.

melhores cooktops

Analise também se algumas das funções que você pretende dar ao cooktop já não podem ser realizadas por itens já presentes em sua cozinha. Por exemplo, ferver água rapidamente pode ser feito em uma jarra elétrica. Tostar um pão pode ser feito na torradeira, e assim por diante.

Finalmente, lembre-se de quantas bocas são efetivamente utilizadas em sua cozinha no preparo de refeições. Assim, você escolhe corretamente o melhor cooktop de indução para as suas necessidades.

Tipos de panelas

Lembre-se de que, a princípio, os cooktops de indução funcionam apenas com panelas de ferro e aço inox. Panelas de cobre e alumínio exigem que um disco de ferro seja colocado sobre o cooktop e abaixo da panela para a indução de corrente. Individualmente, esses materiais não produzem calor em quantidade suficiente.

Isso ocorre porque a tecnologia de funcionamento é baseada na criação de corrente magnética, o que só pode ocorrer com metais de alta condutividade. Enquanto a condutividade do ferro e do aço inox (que tem ferro em sua composição) é alta, o cobre e alumínio apresentam condutividade baixa. Isso quer dizer que é necessário fornecer muito mais energia para obter o mesmo aquecimento em panelas desses materiais.

Pelo mesmo motivo, outros materiais como cerâmica e barro não funcionarão nem com o melhor cooktop de indução.

Leve em conta que isso pode exigir que você tenha que adquirir panelas adicionais para usar o produto em todo o seu potencial.

Instalação elétrica

A instalação elétrica deve corresponder à voltagem do cooktop que você for adquirir. Há modelos de 110V e 220V, mas em geral eles não são bivolt. Em outras palavras, se houver diferença entre a voltagem do aparelho e da tomada, ele não funcionará e pode até queimar.

Da mesma forma, garanta que a tomada destinada ao seu cooktop deve ser de 20 ampères, que é aquela com os pinos mais grossos. Isso permite o fornecimento ideal de corrente sem esquentar demais. A tomada deve estar aterrada para prevenir danos quando há picos de energia na rede pública e no caso de raios.

Cuidados com a instalação

Além do espaço regular do cooktop, é necessário deixar ao menos 20cm abaixo do equipamento; 60 cm acima (caso haja armários ou prateleiras a instalar) e 12cm ou mais nas laterais. Isso garante a circulação de ar quente ao redor do cooktop.

Também deve-se evitar posicioná-lo ao lado de torneiras e materiais inflamáveis como panos e papéis.

Como última recomendação, nunca coloque nada em cima do cooktop que não sejam panelas ou recipientes que estejam em uso, nem arraste nada sobre a superfície. Apesar de obedecer a normas de resistência a impacto, o tampo pode vir a quebrar ou riscar caso essas recomendações não sejam seguidas.

Design e funcionalidade

O melhor cooktop de indução será aquele que você utiliza ao máximo e serve às suas necessidades perfeitamente. Para isso, é preciso que ele possua uma interface fácil de utilizar e seja esteticamente agradável.

Os modelos com interface touch têm aparência mais moderna e elegante, mas pode não ser tão intuitiva para quem está acostumado com fogões tradicionais. Nesse caso, modelos com botões tradicionais são preferíveis e em geral mais baratos. Em caso de defeitos, as peças não inviabilizam o uso e podem ser facilmente substituídas.

Se você gosta de tecnologia, o modelo touch é a sua escolha. Além de permitir funcionalidades adicionais de automação, são mais bonitos e elegantes. Mas atenção: um defeito nas peças eletrônicas pode inviabilizar totalmente o uso do equipamento e exigir a visita de um técnico para diagnosticar e remediar a situação.

Garantia e assistência técnica

Como sempre, prefira as marcas tradicionais do mercado que dispõem de ampla rede de assistência técnica.

Não vale a pena apostar em marcas pouco conhecidas ou recém-chegadas ao mercado nacional se você não puder contar com todo o apoio que necessitar em caso de defeitos.

Antes de comprar, não custa fazer consultas ao Procon a respeito da marca e verificar quais são os itens de atenção que você deve considerar.

melhor cooktop para compra

Precauções

As bocas em funcionamento atuam como um ímã, o que pode trazer riscos para portadores de marca-passos. Se esse for o seu caso, entre em contato com seu médico e procure orientações.

Também evite posicionar aparelhos eletrônicos tais como celulares e tablets próximos ao cooktop, pois ímãs costumam causar danos a circuitos e telas.

Modelos mais usados de cooktop

Cooktops de Inox

Os modelos feitos em aço inox, como o Cooktop Inox quatro Bocas – Venax usam gás que pode ser de botijão ou encanado, e são mais tradicionais lembrando um fogão convencional.

Cooktops de Vidro

Este tipo de cooktop é o mais comum e pode ser encontrado tanto nos modelos elétricos como à gás e o design varia muito de um modelo para outro desde os mais clássicos de dois bocas e preto, como os mais sofisticados e coloridos.

Cooktops feitos de Vitrocerâmica

Estes equipamentos são um capítulo a parte, pois os melhores cooktops de vitrocerâmica são feito com um design de luxo com painel touch screen como o lindo Cooktop Brastemp Gourmand Vitrocerâmico

Conclusão: o melhor cooktop do mercado ?

Em nossa análise, escolhemos como o melhor cooktop de indução do mercado o Midea Desea 4 bocas. Ele oferece a maior capacidade e uma das maiores potências do mercado. Tudo isso aliado a um preço competitivo que o torna o melhor custo-benefício que encontramos.

Sendo um dos modelos mais vendidos do mercado, foi testado por inúmeros consumidores que dispõem da completa oferta de recursos do produto, desembolsando um valor reduzido na hora da compra. A Midea, sendo uma das marcas mais presentes no mercado brasileiro de eletrodomésticos, oferece tranquilidade adicional no que se refere a garantia e assistência técnica.

Como sempre, analise bem quais são suas reais necessidades. Não se esqueça de levar em conta os critérios importantes que levantamos para você, antes de tomar a sua decisão. Nosso propósito é sempre levar para você, através de artigos detalhados, como tomar a melhor decisão de compra de qualquer produto.

Confira as outras análises de nosso portal e conte conosco sempre que precisar decidir a respeito de um produto. Sabemos que a decisão de compra é um processo demorado e cansativo, e a imensa variedade de marcas e modelos pode nos levar à loucura. Por isso, fazemos a lição de casa para você.

Agora é só ir lá e comprar os melhores cooktops para sua casa! Se você achou as informações interessantes, e acha que elas poderiam ajudar alguém que você conheça, não deixe de compartilhar o artigo da forma que desejar.

Leave a Comment